Detalhes da Notícia

Imagem de capa do card
Estudo da explosão do Bólido no sul da Bahia em 26/10/2020

O Observatório sismológico da Universidade de Brasília colabora com uma organização das Nações Unidas, que tem como objetivo verificar o cumprimento do Tratado de Proibição Total de Testes Nucleares (CTBT) e tem acesso aos dados das estações da Rede de Monitoramento Internacional (IMS). Esta rede dispõe de 337 instalações, favorecendo uma cobertura global, utilizando sensores de quatro tecnologias (sísmica, infrassônica, hidroacústica e radionuclídica), capaz de detectar explosões nucleares com potência acima de um quiloton de TNT.

Link: Clique aqui para mais informações

PDF: Anexo do arquivo .PDF

Observatório Sismológico da Universidade de Brasília - SIS/UnB © Todos os direitos reservados - 2018/2019